Magazine Natureza e Paz

Cientistas promovem simpósio para dialogar com sociedade sobre futuro da Amazônia

Cientistas debatem o futuro da Amazônia
Foto: Felipe Rosa

06/12/2016

Por meio da Rede Amazônia Sustentável (RAS), algumas das principais instituições científicas que pesquisam a região uniram forças – e dados – para organizar o Simpósio Amazônia Sustentável, no dia 6 (terça-feira), das 8 às 17h, no Hotel Grand Mercure, em Belém. O evento é coordenado por Museu Goeldi, Embrapa Amazônia Oriental, Universidade de Lancaster e Instituto de Meio Ambiente de Estocolmo, organizações que integram a RAS e é fechado, destinado a autoridades e formadores de opinião convidados.

Ao longo do dia, pesquisadores da RAS vão divulgar um resumo dos resultados de suas pesquisas mais relevantes alcançados nos últimos anos na Amazônia Oriental. Compartilhando a mesa com representantes do poder público, da sociedade civil e do setor produtivo, os cientistas pretendem aprofundar o diálogo entre ciência, sociedade e tomadores de decisão.

"Iremos apresentar as principais conclusões de um dos conjuntos de pesquisa mais abrangentes já feitos para uma região tropical de fronteira agrícola", adianta Joice Ferreira, pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental e uma das coordenadoras da RAS. "Pretendemos, com o simpósio, estimular e abrir espaço para a troca de conhecimentos entre cientistas e representantes dos mais diversos setores da sociedade. Ao discutir os desafios da gestão ambiental na Amazônia e compartilhar nossas evidências científicas e percepções de campo, esperamos ajudar os tomadores de decisão a pensar medidas mais eficazes para que a economia da região caminhe de mãos dadas com a conservação, atingindo a verdadeira sustentabilidade". 

O simpósio terá cinco mesas temáticas de debate: Florestas em transformação, Sistemas Aquáticos, Regularização Ambiental, Fogo e Economia Rural. Representantes do Ministério do Meio Ambiente, do Ministério Público Estadual do Pará, da Agência Nacional de Águas, do Ibama-Prevfogo, entre outros, vão compor as mesas de discussão com os cientistas. A ideia é que os resultados científicos apresentados provoquem, entre esses atores, reflexões e debates sobre possíveis caminhos de sustentabilidade nos usos da terra na Amazônia.

O Secretário Estadual do Desenvolvimento Agropecuário e de Pesca do Pará, Hildegardo de Figueiredo Nunes, o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki, e o Secretário do Programa Municípios Verdes, Justiniano Netto, também participarão das mesas.

As discussões, porém, não ficarão restritas ao palco: representantes de instituições científicas e da sociedade civil que estarão na plateia - como INPA, Imazon, Greenpeace, WWF e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santarém - também terão voz para dar suas contribuições. Quem abre o evento é o coordenador do Observatório do Clima e ex-diretor do Serviço Florestal Brasileiro, Tasso Azevedo, que vai fazer uma reflexão sobre a sustentabilidade nos usos da terra. O fechamento fica por conta do jornalista Matthew Shirts, um dos criadores do projeto Planeta Sustentável e ex-redator chefe da revista National Geographic Brasil.

Sobre a Rede Amazônia Sustentável (RAS)

Os dados a serem apresentados no Simpósio foram produzidos por mais de 100 pesquisadores de 30 instituições do Brasil e do exterior. Em 2009, eles se uniram para formar a Rede Amazônia Sustentável (RAS), que vem avaliando as consequências ambientais e sociais das mudanças nos usos da terra no leste da Amazônia brasileira. Ao longo dos últimos sete anos, mais de 400 locais de estudo e 36 bacias hidrográficas do bioma estiveram na mira dos cientistas da RAS.

As instituições que lideram a rede são o Museu Paraense Emílio Goeldi, a Embrapa Amazônia Oriental, a Universidade de Lancaster e o Instituto de Meio Ambiente de Estocolmo. Além delas, integram a RAS o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), diversas universidades brasileiras das regiões Nordeste, Sudeste e Sudoeste, universidades estrangeiras como Boston e Manchester, entre outras.

Serviço:

Simpósio Amazônia Sustentável

Quando: 6 de dezembro, terça-feira

Onde: Hotel Grand Mercure, Belém, Pará

Horário: 8h às 17h


Fonte: Bernardo Câmara

Núcleo de Comunicação Organizacional 
Embrapa Amazônia Oriental 
amazonia-oriental.imprensa@embrapa.br 
Telefone: (91) 3204-1099

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...