Magazine Natureza e Paz

Haiti entre alianças eleitorais e implantação de observadores



21/10/2015
A poucos dias das eleições haitianas do próximo domingo esperam-se hoje novas possíveis alianças entre partidos políticos e a chegada de observadores internacionais.

A imprensa cita a possibilidade de que os candidatos presidenciais Steeve Khawly (Bouclier), e Jean Henry Céant (Renmen Ayiti) respaldem a Jovenel Moise, do oficialista partido Tet Kale, segundo lugar nas pesquisas.

Nas últimas horas verificou-se que Mathias Pierre, do partido Konsyans Patriotik, apoia a Jean-Charles Moise, da plataforma Pitit Dessalines, terceiro em intenção de voto.

Antes, o ex-presidente do Senado Simon Desras renunciou à sua candidatura e apoiou a Jude Célestin, da Liga Alternativa para o Progresso e a Emancipação do Haiti (LAPEH), que encabeça pesquisas.

No em tanto a Organização de Estados Americanos (OEA) anunciou que completa a partir de amanhã a implantação de sua Missão de Observação Eleitoral (MOE) de 125 especialistas de 27 nacionalidades.

O grupo é dirigido pelo ex-chanceler e ex-ministro de Defesa brasileiro Celso Amorim e soma-se aos especialistas que já percorrem o país para observar os preparativos das eleições.

Conjuntamente a polícia nacional haitiana e a Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) reforçaram a segurança para evitar novos episódios de violência.

A Confederação Episcopal do Haiti (CEH) pediu à cidadania não repetir no próximo domingo os erros que prejudicaram o primeiro turno das legislativas de 9 de agosto, quando morreram 10 pessoas.

Os bispos haitianos disseram que as eleições do próximo domingo são cruciais para consolidar a democracia e garantir a governabilidade do país.

Fonte: Prensa Latina


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...