.

Diretor-geral da OMC acredita em maior aproximação dos países lusófonos

Ilustração: Cplp

31/10/2016

Brasília recebe a partir desta segunda-feira a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp; Roberto Azevêdo destaca potencial de parcerias comerciais.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Começa nesta segunda-feira, em Brasília, a 11ª Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Cplp, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O encontro de dois dias terá debates sobre a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Os ministros das Relações Exteriores dos países lusófonos também se reúnem na capital federal. Mas para além da apromiação diplomática, a conferência oferece a chance das nações firmarem parcerias comerciais.

Aproximação

Quem faz a avaliação é o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, OMC. Em Genebra, Roberto Azevêdo declarou à Rádio ONU que o encontro da Cplp é muito importante.

"Leva à aproximação desses países. A Cplp tem um papel muito importante promovendo a cooperação entre os membros e eu acho que é muito estimulante ver que cada vez mais se fala dentro do grupo sobre temas comerciais. Eu acho que isso é muito positivo. São ideias que são discutidas para promover o comércio entre os membros, facilitar a circulação de pessoas, até mesmo o reforço de iniciativas de assistência técnica. Isso tudo é muito importante."

Segundo Roberto Azevêdo, existe uma vontade dos países de língua portuguesa de estreitarem as relações com a OMC. Recentemente, ele recebeu em seu gabinete o secretário-executivo da Cplp, Murade Murargy, e afirma ter ficado claro pela conversa a possibilidade de aprofundar o diálogo e a cooperação entre as duas entidades.

Fonte: Rádio ONU

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...