Magazine Natureza e Paz

Nutritivas e sustentáveis, leguminosas de grãos secos são destaque em 2016

Feijão-caupi é uma das leguminosas em destaque durante 2016.
Foto: Luciana Fernandes

15/11/16    

Alimentos ricos em proteínas, fibras, minerais e vitaminas, as leguminosas de grãos secos alimentícios ocuparam um papel de destaque nos debates sobre nutrição humana neste ano. Dois mil e dezesseis foi declarado pela ONU como o Ano Internacional dos Pulses (IYP 2016), que são as sementes secas comestíveis de leguminosas como feijões secos, ervilhas secas, grão-de-bico e lentilha.

O objetivo da Organização das Nações Unidas foi chamar a atenção da sociedade sobre o papel desse grupo de alimentos, cultivado em todos os continentes. Do homus, preparado com grão-de-bico e consumido em países do Mediterrâneo, até o arroz com feijão brasileiro, passando pelo desjejum completo inglês, com feijões brancos, e pelo dal da Índia, com ervilha ou lentilha, os pulses possuem um papel importante para a nutrição e saúde humana e a segurança alimentar global.  

Essas espécies também contribuem para a sustentabilidade ambiental do planeta. Elas usam relativamente menos água do que outras culturas e enriquecem o solo com nutrientes, que podem aumentar o rendimento das outras espécies, cultivadas em rotação de culturas.

Uma grande família

A família botânica das leguminosas é uma das maiores e mais variadas do reino vegetal. A característica típica dessas plantas é a ocorrência de vagens. Os pulses são as leguminosas de sementes secas utilizadas para o consumo humano. Esse grupo não inclui cultivos colhidos verdes como ervilha verde e vagem, classificados como hortaliças. Também estão excluídas as leguminosas utilizadas predominantemente para a extração de óleo, como soja e amendoim e aquelas usadas exclusivamente como adubo verde ou forragem, como a alfafa.


Informação disponível

Feijão, feijão-caupi, ervilha grão, lentilha e grão-de-bico estão entre as espécies de leguminosas estudadas pela Embrapa e com informações disponíveis no portal da Empresa. Esses temas estão associados a produtos, processo e serviços, projetos e publicações, a um clique do usuário.

Um dos destaques é o livro Feijão: o produtor pergunta, a Embrapa responde, da Coleção 500 Perguntas, 500 Respostas sobre o feijoeiro comum, disponível para download gratuito. Sobre o feijão-caupi, a Embrapa Meio Norte disponibiliza uma página especial com a história da espécie, cultivares disponíveis no mercado, sistema de produção, principais doenças e publicações.  Há ainda conteúdo multimídia produzido pelos programas Dia de Campo na TV e Prosa Rural.

O ano também foi marcado pela realização de vários eventos sobre o tema. Nos dias 18 e 19 de agosto, a Embrapa Hortaliças (Brasília, DF) promoveu o I Seminário sobre Hortaliças Leguminosas, com o lançamento do livro "Hortaliças Leguminosas", que traz informações sobre o cultivo de ervilha, lentilha e grão-de-bico. O livro poderá ser adquirido na livraria da Embrapa em https://www.embrapa.br/livraria.

A Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás, GO) realizou, em conjunto com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás (Emater/GO), o simpósio "Sustentabilidade na produção das leguminosas de grãos alimentícios no Brasil" no dia 7 de outubro. 

Além desses eventos, em julho foram realizados ainda o IV CONAC - Congresso Nacional do Feijão-Caupi , pela Embrapa Meio Norte (Teresina, PI), em Sorriso (MT), e o Fórum Brasileiro do Feijão 2016, pelo Ibrafe, em Foz do Iguaçu.

Secretaria de Comunicação da Embrapa - Secom 
secom.imprensa@embrapa.br 

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Fonte: Embrapa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...