.

ONU pede ação internacional no Dia Mundial para Justiça Social

Segundo especialistas da ONU, "todo o ser humano tem o direito a um padrão 
de vida que assegure serviços de saúde adequados e bem-estar", o que inclui 
acesso à comida, roupas, moradia e serviços sociais. Foto: Ocha/Ivo Brandau

20/02/2017

Especialistas das Nações Unidas querem que países garantam dignidade humana para todos os que necessitem; eles afirmaram que nova políticas são necessárias para um futuro melhor e mais justo.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Especialistas da ONU sobre direitos humanos pediram ação internacional para marcar o Dia Mundial para Justiça Social, esta segunda-feira, 20 de fevereiro.

Em comunicado conjunto, Alfred Zayas, especialista em Promoção da Democracia, e Idriss Jazairy, relatora especial sobre o Impacto Negativo de Medidas Coercitivas Unilaterais, disseram que "as ações adotadas agora pelos governos mundiais vão ajudar a criar sociedades mais justas".

Paz e Dignidade

Segundo eles, "todos os Estados-membros se comprometeram a avançar com as questões de paz e dignidade humana, como estabelecido pela Carta da ONU".

O documento diz que "esse compromisso" exige políticas mais flexíveis dos Estados para enfrentar os desafios econômicos e sociais do século 21. A solidariedade internacional deve garantir que todos os países se beneficiem da globalização e que ninguém fique para trás.

Segundo os especialistas da ONU, "todo o ser humano tem o direito a um padrão de vida que assegure serviços de saúde adequados e bem-estar". Isso inclui acesso à comida, roupas, moradia e serviços sociais.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, deixa claro que "todas as pessoas têm direito a uma ordem social na qual seus direitos e liberdades podem ser plenamente realizados".

Papel importante

Zayas e Jazairy afirmaram que não só a ONU, mas também todas as agências e membros do sistema das Nações Unidas têm um papel importante para alcançar justiça social para todos.

Eles explicam que o desenvolvimento social é a parte central das aspirações das pessoas em todo o mundo de viverem em sociedades mais pacíficas, justas e equitativas.

Essas sociedades devem garantir uma distribuição justa de renda, acesso a recursos, igualdade de oportunidades para todos os habitantes.

Realidade

O comunicado afirma que a promoção da justiça social "caminha lado a lado" com os avanços para conscientizar a população sobre os direitos humanos. Mas eles dizem que muito ainda precisa ser feito para que isso se torne realidade.

Os especialistas da ONU encerram o comunicado dizendo que para "alcançar a paz sustentável no mundo, todos devem trabalhar juntos pela justiça social na solidariedade internacional".

Citando a mensagem da Organização Internacional do Trabalho, OIT, Zayas e Jazairy disseram que "se você quer paz, cultive a justiça social".

Fonte: Rádio ONU

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...