.

Floresta em pé, consciência em paz



17/07/2016

No Dia de Proteção às Florestas, Rede Natura destina parte das vendas a escola na Amazônia

O Dia de Proteção às Florestas é comemorado no dia 17 de julho, e a Natura preparou uma ação para reforçar o compromisso da empresa com a economia da floresta em pé e com a sustentabilidade.

Entre os dias 15 e 17 de julho, 5% do valor das vendas realizadas na Rede Natura, exceto frete, será destinado à escola de alternância Casa Familiar Rural de Cametá, situada às margens do Rio Tocantins, no Pará.

O valor arrecadado contribuirá para a construção do Centro de Formação Digital e beneficiará o aprendizado de mais de 60 jovens da Amazônia, valorizando o potencial da floresta e incentivando o desenvolvimento de toda a comunidade local.

“A cada iniciativa, reforçamos nosso compromisso com a sustentabilidade. E é um orgulho dizer que cada vez que um consumidor compra um produto Natura, além de experimentar uma sensação de beleza e bem-estar, ele também contribui para manter a floresta em pé.”, diz Murillo Boccia, diretor da Rede Natura.



Esta ação soma-se às iniciativas de longo prazo que a Natura estabelece na Amazônia.  Há mais de 15 anos, desde o lançamento da linha Natura Ekos, a empresa adotou no processo de desenvolvimento de seus produtos o uso de ativos da biodiversidade brasileira, unindo ciência e conhecimento tradicional das comunidades extrativistas, em um novo modelo de negócios sustentável que valoriza a floresta em pé.

“Ao longo dos anos, aprendemos que é possível fazer uso sustentável das riquezas amazônicas em harmonia com a natureza e em oposição ao ciclo exploratório que tem colocado a floresta em risco. E essa certeza vem do relacionamento que mantemos com as comunidades e cooperativas fornecedoras de ativos como castanha, andiroba, ucuuba, açaí, entre outros”, diz Renata Puchala, gerente de sustentabilidade da Natura.

Conheça outros programas sustentáveis da Natura

Programa Amazônia

Lançado em 2011, o Programa Amazônia tem como objetivo aumentar a geração de negócios sustentáveis como alternativa econômica para a região amazônica, acolhendo seus habitantes e conservando a floresta.

Ele está dividido em três pilares:

Ciência, Tecnologia e Inovação no Programa Amazônia – Os projetos desse pilar geram e divulgam conhecimento sobre a região amazônica e são realizados pelo NINA – Núcleo de Inovação Natura na Amazônia. Entre eles podemos destacar a parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), a organização do Prêmio Ingredientes Vegetais Amazônicos e a expansão de parcerias junto às comunidades extrativistas da região.

Cadeias Produtivas da Sociobiodiversidade – uma das ações dessa frente foi o lançamento do Ecoparque, em 2014. O parque industrial tem como objetivo atrair outras empresas e indústrias que queiram desenvolver negócios sustentáveis a partir da biodiversidade amazônica, aumentando assim a demanda pela economia da Floresta em Pé.

Fortalecimento Institucional - O apoio às Escolas de alternância faz parte dessa frente de atuação e contribui para a capacitação de jovens apresentando uma alternativa de geração de renda e evitando a necessidade do êxodo rural e florestal.       

Compensação de Carbono na Amazônia

A Natura também tem o Programa Carbono Neutro, que nasceu em 2007 com o objetivo de reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e apoiar projetos que contribuem para a manutenção das florestas em pé e sua regeneração na Amazônia - os benefícios climáticos destes projetos são convertidos em créditos de carbono que são adquiridos para neutralizar as emissões.

Quer conhecer outras ações que a Natura apoia? Acesse a página de Sustentabilidade.

Fonte: Natura



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...