.

Vida selvagem e meio ambiente estão bem preservados após 10 anos da Ferrovia Qinghai-Tibet



28/06/2016

A Ferrovia Qinghai-Tibet faz 10 anos em 1º de julho. Segundo especialistas, o impacto ambiental na vida selvagem do planalto foi contido, com resultados melhores que os previstos.

  "Dias atrás, eu vi dois burros selvagens a cerca de 15 metros das trilhas quando um trem passava. Aparentemente, o trem não os assustou", disse Zhao Xiang, especialista ambiental do Centro de Proteção da Natureza de Shanshui, uma organização não-governamental sediada em Beijing.

  A maioria dos animais no planalto é sensível para perturbação, mas muitos aprenderam a se adaptar a mudanças ambientais, disse Zhao.

  A ferrovia se estende por 1.956 quilômetros, com uma altitude de 5.072 metros acima do nível do mar em seu ponto mais alto. Na última década, um total de 33 cruzamentos foi criado para animais.

  "Quando o trem começou a operação, em 2006, os burros e antílopes só vinham em grandes grupos e levavam bastante tempo para cruzar as passagens. Mas eles se acostumaram ao ruído e vibração de trens e podem cruzar as passagens bastante rapidamente agora", disse Dong Weiqi, engenheiro do departamento de projeto da companhia ferroviária.

  Em 2006, quando o trem começou a operar, apenas cerca de 2 mil antílopes tibetanos migraram pelas passagens, mas agora o número ultrapassou 5 mil, disse Dong. A população de antílope tibetano recuperou para mais de 60 mil.

  Jiang Zehai, vice-gerente da Companhia de Ferrovia Qinghai-Tibet, disse que eles plantaram árvores ao longo de 41% da ferrovia, cobrindo mais de 7,7 milhões de metros quadrados.

  Um total de 15 centros de processamento de esgotos opera ao longo da ferrovia, disse.

Fonte: CRI.cn

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e pela sua visita.
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...